UNIDADE DE TRATAMENTO COM TOXINA BOTULÍNICA

Já está em funcionamento no CNS a Unidade de Tratamento com Toxina Botulínica em Indicações Neurológicas e Reabilitação. 

Inicialmente desenvolvida como arma biológica, a Toxina Botulínica revolucionou o tratamento de múltiplas patologias. Aprovada primeiro para o tratamento do estrabismo, blefarospasmo e espasmo hemifacial, a sua utilização foi rapidamente estendida, sendo atualmente utilizada no tratamento de outras distonias focais como a distonia cervical, distonia dos membros, distonia oromandibular e laríngea. Tem ainda indicação na espasticidade dos membros pós-AVC, podendo também, em casos selecionados, ter indicação na espasticidade secundária a outras etiologias, como por exemplo a Esclerose Múltipla, traumatismos vertebro-modulares, entre outras. 

Mais recentemente também demonstrou eficácia e obteve a aprovação para o tratamento de formas graves de enxaqueca. Este tratamento poderá ainda melhorar a qualidade de vida de doentes com sialorreia incómoda secundária e doenças neurodegenerativas (ex. Doença de Parkinson, Esclerose Lateral Amiotrófica, AVC). 

Utilização clínica mais frequente:

blefaroespasmo, distonia cervical

- espasmo hemifacial

- distonias locais (ex: caimbra do escrivão)

- espasticidade pós-AVC ou traumatismo vertebro-modular

- enxaqueca

- sialorreia        

Equipa médica:

- Prof. Doutor Joaquim Ferreira

- Profª. Doutora Isabel Pavão Martins

- Drª. Anabela Valadas

- Drª. Patrícia Lobo

Para mais informações contacte 261 330 700 ou clinicamedica@cnscampus.com.